Latest News

    No posts were found.

Viver como Um Yogi | Teacher Training com Dharma Mittra

 

Oi Yogis

Tudo bem com vocês? Nesse post eu quero contar como está sendo a minha experiência no Teacher Training de 300 horas que estou fazendo com meu professor Dharma Mittra.

A Pergunta:

Falei disso no Instagram e recebi uma pergunta que achei muito interessante: “Como viver como Yogi? Só professores podem viver assim?” Fiz um vídeo e esse post para responder essa pergunta profunda.

E para responder essa pergunta eu vou te contar um pouco da minha história.

Dharma Yoga

O Dharma é muito conhecido e respeitado no Yoga, ele é um verdadeiro Yogi e poder aprender com ele é uma honra🧘🏽‍♂️

Eu fiz meu primeiro Teacher Training de 200 horas com o Dharma em 2009 (quase 10 anos atrás 😱) e foi um marco na minha vida, algo que me trouxe muitas transformações como pessoa e praticante e onde aprendi que compartilhar Yoga é uma parte importante da minha missão.

De lá até hoje eu fiz mais 3 Teacher Trainings, todos maravilhosos e profundamente transformadores. Quem já fez TT de Yoga sabe que sempre é uma transformação cheia de aprendizados.

O Teacher Training do Dharma é diferente, a começar pelo nome, Life of a Yogi, que significa Vida de um Yogi. O objetivo deste treinamento é mais do que ensinar a ensinar. O objetivo é guiar para viver como um Yogi, tendo como exemplo vivo um mestre (ele não gosta de ser chamado assim) que vive o Yoga há mais de 50 anos. Dharma é considerado por muitos “o professor dos professores” e ele fala que o objetivo do Yoga é a Auto Realização, é perceber e vivenciar a centelha Divina que habita no centro do nosso peito.

É muito lindo e enche meu coração de amor 💚

Life of a Yogi 300 horas

Esse TT de 300 horas é dividido em 2 módulos de 8 dias com 13 horas por dia de aulas práticas e teóricas mais tarefas para fazer em casa.

Eu fiz o primeiro módulo em Agosto e o próximo é mês que vem e neste período de “entre módulos” foram passadas algumas tarefas para nós. Tarefas de prática física, de exercícios respiratórios (pranayamas), de meditação, de leitura e redação e também de alimentação.

A maioria das pessoas acha a parte da alimentação e mais desafiante. É uma alimentação vegana e sattvica e eu confesso que quando ouvi as diretrizes bateu um certo desespero 😩

Nada de sal, açúcar, chocolate (meu vício), cafeína, alho, cebola, pimenta, temperos secos e comidas congeladas. Comidas sólidas só entre meio dia e 6 da tarde e o café da manhã é sempre uma vitamina de banana (deliciosa por sinal).

Eu sou MUITO formiga e estava em NY aproveitando a gastronomia vegana de lá, enfiando o pé na jaca, comendo cookie, hambúrguer, comida japonesa (vegana óbvio) e etc. Recebi as diretrizes e pensei “Meu Deus, por favor me ajude porque eu vou ter muitos desafios no caminho.”

Surpresa!!!

E aí, qual foi a minha surpresa? Está sendo mais fácil do que eu pensava. Nós podemos ter alguns dias de “folga” e eu estou aqui, no final da minha terceira semana e eu tive 2 ou 3 dias que eu comi algo temperado fora de casa e chocolate comi só um dia em um cookie que fiz de aniversário para uma amiga em uma quantidade assustadoramente pequena.

Percebi que eu posso tudo que eu quiser. E percebi também a importância de uma prática de pranayama passada por um professor. Os pranayamas estão me ajudando a manter a mente calma e a controlar os desejos e impulsos. Estou muito feliz comigo mesma, tendo vários insights e percepções.

O mais importante é que estou fazendo tudo com devoção, e estou entregando os frutos das minhas ações. Estou fazendo com amor e disciplina mas sem expectativas. Está sendo um mergulho interno, estou descobrindo minha força com ser humano e como mulher. É impressionante como uma pequena mudança na rotina pode criar um senso de poder gigantesco. E não, esse não era meu objetivo quando me comprometi a cumprir as diretrizes com amor e devoção. Os frutos são uma consequência e nunca a meta.

O Objetivo

O que quero mesmo é que minha conexão com Deus se fortaleça cada vez mais porque é isso que me traz paz e serenidade, é isso que me guia e me ensina. Sentir Deus agindo através de mim em tudo que faço é maravilhoso e me permite viver meu propósito com fé e confiança que tudo sempre dá certo. Isso é viver como um Yogi. É ter devoção e amor nas ações. É viver o momento presente, apreciando a vida sem se apegar a ela. É entregar os frutos do que eu faço porque eles pertecem aquele que me criou💖

Por isso a resposta da pergunta é SIM, TODO MUNDO PODE VIVER COMO UM YOGI.

Eu te convido a experimentar essa sensação. Faça tudo com devoção, sinta o Divino que habita dentro de você, sinta Deus agindo através de você. Entregue os frutos das suas ações, entregue as expectativas, os medos, as alegrias, as tristezas… Entregue tudo a quem te ama e te criou e veja sua vida se tornar mais leve, com mais sentido e mais propósito 🙏🏼💫

Me conte nos comentários o que você achou desse texto, dessa experiência e como você faz para se conectar com Deus que habita dentro de você e viver como um Yogi.

Om Shanti,

Raquel

Raquel Rache

O objetivo deste site de Veganismo e Yoga é inspirar as pessoas a levarem uma vida mais saudável e sustentável.

No Comments

Leave a reply